Postado por: Raquel Borsari em 02/jan/2014 | 18 Comentários

Canil Municipal de Caratinga é denunciado por maus-tratos

Aspac vai acionar Justiça

Cães aparentemente doentes precisando de cuidados e vagando em meio à sujeira. Há fezes de animais por toda a parte. Essa foi à cena registrada pelas câmeras de jornalismo do Super Canal nesta manhã de quinta-feira (02) no Canil Municipal de Caratinga.

Quadro isolado 1 Quadro isolado 2 Quadro isolado 3 Quadro isolado 4 Quadro isolado 5

A situação de abandono do canil chegou ao conhecimento da Aspac – Associação Protetora dos Animais de Caratinga, após uma denúncia.

Ontem (01/01) membros da Aspac acionaram a Polícia Militar e foram ao local para registrar um boletim de ocorrência. Para o cidadão caratinguense Luiz Gustavo, que acompanhou tudo, um cenário lamentável. “Isso aqui não é um canil, é um inferno. Só quem veio aqui, que viu a situação desse canil, sabe o que estou falando”, disse Luiz Gustavo.

Quadro isolado 7

Apesar de ter água e ração no local, o Super Canal teve acesso a um vídeo gravado ontem que mostra um cão ainda filhote se alimentando de um animal morto em cima de uma grama.

1525667_450990915001745_1823181783_n

Fotos também denunciam que ontem havia outros cães mortos dentro de um saco plástico pendurado em uma grade. A cena revoltou Luiz Gustavo, que é um defensor dos animais.

Quadro isolado 15 Quadro isolado 16

“Uma cena deplorável. Ontem a gente veio aqui tinha animal morto do lado de fora e agora pela manhã, simplesmente sumiu. Então alguém veio aqui, recolheu os animais mortos. Quer dizer, alguém está sabendo. E por que continua esse inferno aqui? O que a gente quer saber é cadê o responsável? Porque isso aqui é desumano”.

Diante da situação dos animais, A Aspac informou que já buscou apoio de outros órgãos de defesa dos animais e está tomando as providências necessárias junto à Justiça. A Aspac também pede ajuda à população para adotar os cães do canil ou abrigá-los em um lar temporário.

“Eu espero uma atitude. Eu não sei se é uma atitude dos vereadores, que têm que fiscalizar, ou do responsável por isso aqui. Agora eu espero uma solução. Eu queria muito a resposta dos órgãos competentes quanto à solução para esse Canil Municipal”, destacou Luiz Gustavo.

Sobre a denúncia envolvendo o Canil Municipal, a Prefeitura de Caratinga informou por meio de uma nota de esclarecimento que:

“*De acordo com a Lei, o prazo para que cada cão permaneça no Canil Municipal é de 7 dias. No caso, os cães que foram encontrados pelos denunciantes, estão no canil há pelo menos 4 meses, desde que a Prefeitura iniciou a recolha e vem mantendo os animais alimentados e monitorados;

 

*A Prefeitura adotou esta medida para evitar a eutanásia e iniciou uma campanha de adoção, por meio da qual 6 animais saudáveis já foram adotados;

 

*Quando a Prefeitura de Caratinga reabriu o Canil Municipal contou com a parceria de duas entidades: ASPAC e LATIMIA que se comprometeram em colaborar para que cães adultos e filhotes dos cães fossem encaminhados para adoção, evitando que fossem parar nas ruas;

 

*A Prefeitura de Caratinga tem um convênio com a LATIMIA, entidade que recebe regularmente uma verba para a manutenção dos animais. A Prefeitura ampliará este convênio ainda neste mês de janeiro e entregará à entidade os animais castrados, por meio de um mutirão de vacinas, para que a LATIMIA os mantenha até que se consiga que sejam adotados;

 

*Todos os cães que se encontram no Canil Municipal – instalações provisórias – foram recolhidos nas ruas, uma vez que a Prefeitura não recolhe animais nas casas (saudáveis), pois incentivamos a posse responsável;

 

*Nesta situação, não se sabe quais as doenças que têm estes cães recolhidos nas ruas, há quanto tempo não bebem água ou se alimentam: a princípio, os cães que se encontram nas ruas são abandonados pelos donos por estarem já doentes;

 

*Quando chegam ao Canil Municipal a Vigilância em Saúde faz o controle da Raiva e da Leishmaniose para evitar que outros cães sejam contaminados;

 

*Abandono no canil: há pessoas que vão até o canil e abandonam seus animais doentes.; muitas das vezes estes animais são abandonados muito doentes ou mesmo já mortos. Esta situação acontece também nas entidades LATIMIA E ASPAC;

 

*A partir de fevereiro, a Prefeitura realizará um mutirão de castração, iniciando assim o controle da reprodução animal no município.”

 

 




Loading Facebook Comments ...
 





    

Calpentradicaoanuncioeleicoes2014_tv_supercanalsantamonicaBanner Super Canal foto
pub_1