Postado por: Raquel Borsari em 08/nov/2018 |

Caratinga sedia 1º GP de Carrinho de Rolimã neste domingo (11)

O campeonato é uma organização do grupo Rolimã na Veia e a competição vai acontecer nas proximidades da AMAC, no Bairro Nossa Senhora Aparecida II

Tudo começou como uma grande brincadeira, no Bairro Nossa Senhora Aparecida II, em Caratinga. Desde então, o carrinho de rolimã movimenta o bairro todos os domingos. O brinquedo virou febre entre crianças, jovens e adultos.

O carrinho de rolimã fez muita gente voltar à infância e conquistou a nova geração que não conhecia a brinquedo. A partir desta brincadeira, surgiu o grupo Rolimã na Veia, hoje com cerca de 50 integrantes. Quem acha que o carrinho de rolimã é apenas uma brincadeira se engana. Também é um esporte e acontecem campeonatos por todo o Brasil. Caratinga vai sediar neste próximo domingo, dia 11, o 1º GP de Carrinho de Rolimã.

 

862bed40-e792-4ff2-a53f-0cae0676c1dbSequence 35.00_02_02_06.Still003

 

A competição será às 10h, no Bairro Aparecida II, nas proximidades da AMAC. Os vencedores vão receber troféus e medalhas. As inscrições para quem vai competir são feitas no dia do evento. Para realizar a inscrição, é necessária a doação de 1 kg de alimento não perecível. Os alimentos serão doados para uma instituição da cidade. As inscrições serão abertas a partir das 10h. Na modalidade masculina, a competição será disputada nas seguintes categorias de peso: 30 a 10 kg; 41 a 50 kg; 51 a 60 kg; 61 a 70 kg; 71 a 80 kg; e acima de 81 kg.

A organização do campeonato ressaltou que os itens de segurança para a prática deste esporte radical são obrigatórios no dia da competição. Além da corrida, também terá música na abertura do campeonato com o cantor Nathan Vieira. A corrida de carrinho de rolimã também terá modalidade feminina.

O carrinho de rolimã ou carrinho de rolamentos é o nome dado a um carrinho construído com madeira e rolamentos de aço para a disputa de corridas ladeira abaixo. A construção de um carrinho geralmente é artesanal, isto é, feita com ferramentas simples tais como martelo e serrote.

O carrinho pode conter três ou quatro rolimãs (rolamentos, quase sempre usados e dispensados por mecânicas de automóveis) e é constituído de um corpo de madeira com um eixo móvel na frente, utilizado para controlar o carrinho enquanto ele desce pela rua.

Alguns colocam um volante e até freio. Não se sabe ao certo a história do mais radical dos brinquedos das crianças da década de 70 e 80. Pode-se dizer que os primeiros exemplares foram construídos em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, no final da década de 60 e começo da década de 70. O principal material, as rodas, eram rolamentos conseguidos em oficinas de manutenção de automóveis. Hoje, o carrinho se tornou o avô dos brinquedos radicais no Brasil e não tem diferenças sociais.

Sequence 35.00_00_07_07.Still001 Sequence 35.00_00_21_08.Still002 Sequence 35.00_02_05_13.Still004 Sequence 35.00_04_33_08.Still005 Sequence 35.00_04_35_26.Still006 Sequence 35.00_04_41_00.Still007 Sequence 35.00_04_47_14.Still008




Loading Facebook Comments ...

insta media tv supercanal