Postado por: Raquel Borsari em 14/mar/2018 |

Militares do Batalhão de Caratinga passam por capacitação sobre a Lei Seca e intensificam blitzes na cidade

Coibir a mistura de álcool e direção

Os militares do 62º Batalhão de Polícia Militar (BPM) passaram por uma capacitação sobre a Lei Seca durante o mês de fevereiro. Desde que foram capacitados, os policiais já intensificam as blitzes em Caratinga, para coibir esta mistura perigosa: álcool e direção. Aspirante Edenilson de Sousa destacou que a capacitação teve como objetivo instruir os militares a como operar o etilômetro, chamado popularmente de bafômetro, e a atuar nas operações Lei Seca.

Uma lei de dezembro de 2017, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), aumentou as penas para os motoristas bêbados que cometerem crimes na direção de veículos automotores. Hoje, a pena para o motorista embriagado que provocar acidente com morte é de cinco a oito anos de prisão. E, se o crime resultar em lesão corporal grave ou gravíssima a pena é de dois a cinco anos.

Nas últimas semanas, segundo aspirante Edenilson, várias operações Lei Seca foram realizadas. Segundo o Código de Trânsito, dirigir sob a influência de álcool é infração gravíssima, o motorista é multado em R$ 2.934,70 e tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses. Além disso, o documento de habilitação é recolhido e o veículo retido. O motorista que se recusar a fazer o teste do bafômetro também sofre as mesmas penalidades e medidas administrativas.

Ainda conforme o Código de Trânsito, o motorista que for flagrado dirigindo embriagado pode ser multado em dobro em caso de reincidência no período de até 12 meses.




Loading Facebook Comments ...

insta media tv supercanal