Postado por: Raquel Borsari em 31/jan/2018 |

Prazo para o uso da CNH digital em todo o país é prorrogado para julho

Aproximadamente 17 mil motoristas já possuem as carteiras digitais no país inteiro. CNH digital tem o mesmo valor que o documento impresso

Ela tem a mesma validade da carteira de papel. O uso da CNH digital começaria a valer nesta quinta (1º). Mas só será aceita em todo o país a partir de 1º de julho. Segundo o Ministério das Cidades, até 29 de janeiro, somente 13 estados estavam emitindo a carteira de habilitação eletrônica, entre eles, Minas Gerais.

Porém, o Ministério das Cidades diz que a emissão nos estados não foi o motivo para a prorrogação do prazo, e sim por causa das dificuldades encontradas pelas Agências Nacionais de Aviação Civil e de Transportes Terrestres em garantir que as companhias aéreas e empresas de ônibus conseguissem aceitar a CNH digital como documento de identificação no momento de embarcar.

Até julho, todos os Departamentos de Trânsito (Detrans) do país devem estar aptos a emitir a versão da carteira de motorista digital. Aproximadamente 17 mil motoristas já possuem as carteiras digitais no país inteiro. O secretário geral da Banca Examinadora do Departamento de Trânsito de Caratinga, Clemilson Calais, explicou que a CNH digital só pode ser emitida para quem tem no verso do documento o QR Code, um código específico para ser lido por aparelhos eletrônicos. O QR Code existe apenas nas carteiras tiradas de maio para cá.

Para obter o documento é preciso fazer um cadastro no Portal de Serviços do Denatran; ir até uma agência do Detran para atualizar os seus dados e cadastrar o número do celular; baixar o aplicativo gratuito da CNH digital, que estará nas lojas oficiais da Apple e do Google (para aparelhos Android); acessar o aplicativo por meio de um código de ativação que o Denatran enviará por e-mail aos usuários inscritos; e criar uma senha de 4 dígitos para acessar o documento no celular.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) diz que a cobrança de possíveis taxas para a emissão da CNH digital ficará a cargo dos Detrans. Em Minas Gerais, o documento é gratuito, pelo menos por enquanto. No entanto, se o motorista não tiver a última versão da CNH com QR Code e quiser a carteira de motorista digital, ele deverá pedir uma segunda via da carteira, que é cobrada.

Segundo o Denatran, órgão que integra a estrutura do Ministério das Cidades, a CNH digital vai ajudar a evitar fraudes e falsificações. A CNH digital é opcional para quem tiver interesse em ter o documento no smartphone. A carteira impressa continuará a ser emitida normalmente. O Ministério das Cidades destaca que a CNH digital pode facilitar o dia a dia dos condutores. Quem é que nunca esqueceu a carteira de motorista em casa?




Loading Facebook Comments ...

insta media tv supercanal