Postado por: Raquel Borsari em 07/dez/2017 |

Comerciantes que trabalham às margens da BR -116, no bairro das Graças, reclamam de transtornos causados por obras da Copasa

Cobram providências da Copasa

Essa não é a primeira vez que os comerciantes entram em contato com a reportagem do Super Canal para reclamar dos transtornos causados por obras de manutenções realizadas pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) em redes de água, às margens da BR – 116, no bairro das Graças. As crateras e a lama estão por toda a parte no local.

A reclamação dos comerciantes, de acordo com o soldador Geraldo Augusto, é que após a conclusão das obras, a Copasa não faz a recomposição do calçamento. Desta última vez, a Copasa realizou uma obra de manutenção na localidade para consertar um vazamento de água dentro de uma cratera, conforme mostram vídeos gravados com uma câmera de celular. Durante a gravação desta reportagem, um funcionário da Copasa já fazia o conserto do vazamento na rede. O borracheiro José Geraldo de Oliveira alegou que a água vazou durante horas.

Fotos também mostram o momento em que uma das rodas da frente de um caminhão, que saia do local, afundou e ficou presa em um buraco. O caminhão foi retirado com a ajuda de um trator. O borracheiro disse que os problemas de afundamento da terra e do asfalto começaram desde que a Copasa realizou uma obra de canalização no local para o projeto da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Os comerciantes cobram providências da Copasa.




Loading Facebook Comments ...
 





    

Banner-Super-Canal

santamonica1foto1 (1)favenicdsl