Postado por: Raquel Borsari em 04/dez/2017 |

Deputado Eros Biondini se reúne com classe empresarial para discutir possibilidade de incluir Caratinga na Sudene

Caratinga fora da Sudene representa um atraso em seu desenvolvimento econômico

A vinda do deputado federal Eros Biondini (PROS/MG) a Caratinga foi intermediada pelo vereador Ronaldo Gomes de Carvalho, o Ronaldo da Milla, que recentemente recorreu a Brasília. O deputado se reuniu com a classe empresarial para discutir a possibilidade de inclusão do Município de Caratinga na área de abrangência da Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste). Caratinga fora da Sudene representa um atraso em seu desenvolvimento econômico.

A lei que inclui 81 municípios de Minas Gerais e três do Espírito Santo na Sudene foi aprovado por 294 votos a 41, em 1º de novembro, após tramitar uma década na Câmara dos Deputados. O relator do Projeto de Lei Complementar (PLP) nº 76 de 2007 foi Eros Biondini. À época, o deputado disse que o projeto objetivava corrigir uma injustiça, incluindo outros municípios mineiros com características climáticas, sociais e econômicas semelhantes às da Região Nordeste. Porém, Caratinga acabou ficando fora desta lei.

“Quem me dera como relator, eu pudesse simplesmente falar assim: ‘esqueci, me perdoa’. Mas não era essa a minha atribuição. Então, seria muito mais fácil, pois eu não tenho nenhuma dificuldade em reconhecer algum equívoco meu, mas não é a realidade. Nós temos agora uma realidade clara e verdadeira: o projeto está no Senado e irá tramitar nas comissões antes de ir para o Plenário. É o local onde se deve indicar os municípios que têm características semelhantes às do Nordeste. Portanto, merecedores de estarem na Sudene. Então, nesse momento entra a minha pessoa e de outras lideranças da região, com toda a justiça, para que possamos fazer ‘pressão’, digamos assim, do bem, nos senadores que forem nomeados para serem relatores. E, a gente conseguir, enfim, incluir Caratinga”, esclareceu o deputado.

Da região, foram incluídos somente os seguintes municípios: Governador Valadares, Imbé de Minas, Inhapim, Piedade de Caratinga, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, São Domingos das Dores, São Sebastião do Anta e Ubaporanga. O deputado informou que enviou um ofício ao senador Antônio Anastasia para que Caratinga seja incluído na área de atuação da Sudene, antes de a proposta ser apreciada pelo Senado, e não fique prejudicado em relação aos incentivos e benefícios. “Nós esperamos que pela tramitação no Senado, passando pelas comissões, locais mais adequados para se incluir e fundamentar o motivo da inclusão do município. Os senadores provavelmente vão incluir Caratinga e projeto volta para as minhas mãos na Câmara. Aí sim, eu tenho toda autonomia de incluir Caratinga na Sudene”, completou Biondini.

Na prática, a Sudene possibilita a esses municípios acesso a benefícios fiscais, como desconto de 75% no imposto de renda das empresas, empréstimos com juros mais baixos e aos recursos do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste, bem como aumentar suas alternativas de financiamento às atividades produtivas locais, criando oportunidades de emprego e renda.




Loading Facebook Comments ...
 





    

Banner-Super-Canal

santamonica1foto1 (1)favenicdsl