Postado por: Raquel Borsari em 04/out/2017 |

Ubaporanga: Dois são conduzidos à delegacia por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas

O menor de 16 anos chegou a engolir uma bucha de maconha para tentar fugir da PM mas acabou apreendido

Militares do 2º Pelotão de Ubaporanga receberam informações dando conta de que na Rua Sebastião Luís da Silva, no Bairro 27 de Abril, estaria ocorrendo tráfico de drogas.

De acordo com Cabo Juliano, o que causou estranheza é que nesta mesma residência denunciada, na semana passada, a PM havia realizado uma apreensão de 172 buchas de maconha, mais 4 pedras de crack e uma quantia em dinheiro, e as denúncias apontavam que o comércio de entorpecentes não havia cessado no imóvel.

“Nos colocamos no local para visualizar a residência e vimos quando dois menores chegaram e pediram ao cidadão que estava sentado na calçada, de nome Diego, drogas. Ele repassou para eles uma porção de maconha e os menores, em seguida, desceram o morro.”, disse Cabo Juliano.

Depois disso foi solicitado o apoio de uma segunda viatura, que fez a abordagem, tendo um menor, neste momento, colocado uma bucha de maconha na boca e engolido.

“Na presença de testemunhas, das mães dos menores, o jovem de 16 anos confessou que teria comprado esta porção de maconha, no valor de R$ 5, do Diego.”, completou o militar.

Os militares subiram o morro e ao realizarem abordagem encontraram no solo, próximo aos pés de Diego Martins, de 29 anos, seis invólucros de maconha e, na entrada da casa onde o suspeito estava sentado no momento da realização do tráfico, mais duas buchas de maconha foram localizadas, também no solo.

Um aparelho celular e a quantia de R$ 7 também foram apreendidos. Diego teria vindo, recentemente, do estado do Espírito Santo para Minas Gerais. Mesmo estando em Minas a pouco tempo, Cabo Juliano ressalta que a polícia já recebeu diversas denúncias que relacionam o suspeito ao tráfico.
Além de Diego, o menor de 16 anos também foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Caratinga.

Ao jornalismo do Super Canal Diego alegou: “Me encontraram na rua, acharam as drogas e falaram que eram minhas. Mas nas minhas mãos não pegaram nada.”

Sequence 25.Still001 Sequence 25.Still002 Sequence 25.Still003 Sequence 25.Still004 Sequence 25.Still005 Sequence 25.Still006 Sequence 25.Still007 Sequence 25.Still008




Loading Facebook Comments ...
 





    

Banner-Super-Canal

santamonica1foto1 (1)favenicdsl