Postado por: Raquel Borsari em 09/ago/2017 |

Polícia prende suspeito de usar arame para “pescar” pares de tênis em vitrine de loja em Caratinga

Polícia alerta para comerciantes tomarem cuidado ao expor produtos nas vitrines para não facilitar a ação dos infratores

O suspeito dormia um sono profundo dentro da cela da delegacia, enquanto a Polícia Militar registrava a ocorrência policial. Guilherme Sebastião Vitor da Silva, de 22 anos, foi preso pelos policiais nesta madrugada de quarta-feira (09/08). Segundo a PM, ele é suspeito de furtar dois pares de tênis de uma vitrine de uma loja do Centro de Caratinga. Os pares de tênis estavam escondidos em uma mochila que Guilherme carregava, quando ele foi abordado pelos militares. O suspeito teria usado um arame para “pescar” os pares de tênis.

 

Sequence 06 Sequence 06_1 Sequence 06_2 Sequence 06_5 Sequence 06_6

 

Sargento Carlos Alves relatou que a PM patrulhava pela área central da cidade e se deparou com Guilherme em atitude suspeita, momento que, ao visualizar os policiais, ele tentou fugir, mas logo foi alcançado. Com ele foi encontrada a mochila e dentro dela os pares de tênis.

De acordo com o sargento, em um primeiro momento, Guilherme confessou ter furtado as mercadorias da loja Sine Qua Non, mas depois tentou negar, apresentando a versão de que havia conseguido os produtos de um desconhecido, contradizendo o que ele tinha dito antes. A PM fez contato com a gerente do estabelecimento comercial e ela reconheceu as mercadorias como sendo as furtadas da loja.

Diante disso, o suspeito foi detido em flagrante por furto e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil. Os pares de tênis ainda etiquetados, que teriam sido furtados pelo suspeito, estão avaliados em cerca de R$ 440,00. Os militares também apreenderam um arame com a ponta dobrada formando um gancho. A PM acredita que o rapaz possa ter usado o arame com gancho para “pescar” os pares tênis da vitrine da loja.

A PM deixa um alerta para os lojistas de Caratinga sobre esta prática que vem sendo utilizada pelos autores de furto. Eles usam o arame para pescar e furtar roupas e calçados, por exemplo, através das frestas das vitrines. “A gente alerta aos comerciantes para tomarem cuidado, quando forem expor seus produtos nas vitrines, para não facilitar a ação desses infratores”, disse sargento Carlos Alves.




Loading Facebook Comments ...
 





    

Banner-Super-Canal

anunciosantamonica150foto1 (1)