Postado por: Raquel Borsari em 13/jun/2017 |

Denísio é transferido para o Casu. Paciente acamado do distrito de Sapucaia começa a receber atendimento especializado

Ao que tudo indica, a busca incessante para o tratamento está chegando ao fim. Denísio estava internado no hospital de Raul Soares até a noite desta última segunda-feira (12/06). Através de pedido e acompanhamento dos vereadores Jhonny Claudy e Rominho Costa e autorização da secretaria municipal de saúde, o paciente foi transferido para o CASU, o Centro de Assistência à Saúde Unec. Na manhã desta terça-feira (13/06), o jornalismo do SC conversou com o vereador Johny Claudy, que trouxe novas informações sobre o caso.

“Hoje ele terá um atendimento adequado. Todos os munícipes merecem este atendimento adequado. Estamos cobrando isso enquanto legislador, cobrando e fiscalizando, é a nossa missão. Agora ele receberá o tratamento da ferida. Deixar ele sem dor. Enquanto este tratamento acontece, já estamos olhando um local para que ele possa estar mais próximo do atendimento após receber alta”.

Edinho é ex patrão e amigo de Denísio. Desde o começo abraçou a causa e sempre acompanhou o lavrador durante a sua busca por assistência. Depois de muita espera e de decepções, agora ele acredita que Denísio terá o tratamento necessário. “Acompanhei hoje e muito bom o atendimento. Eu acredito que ele vai sair muito bom. Eu espero que ele volte a andar, trabalhar. A gente espera que ele consiga depois um abrigo para que ele venha a receber os cuidados necessários”, destacou.
Denísio está em uma sala isolada da unidade de saúde para evitar qualquer tipo de contaminação por conta das grandes escaras expostas nas costas dele. Conforme apurado na unidade de saúde, ele será tratado por um médico especialista em feridas, fisioterapeutas, enfermeiros, nutricionista e neurologista. O quadro de saúde de Denísio exige atenção especial, conforme destacou a diretora de assistência do Casu, Paula Botelho, ressaltando sobre o acompanhamento diário.

Esta é a segunda vez que Denísio é encaminhado ao Casu. Paula foi questionada pela nossa equipe sobre o porquê de somente agora a unidade de saúde optar pela sua internação para dar sequência ao tratamento em sua totalidade. “Na verdade nós conhecemos o caso através de encaminhamentos do município. Ele foi até o centro de reabilitação e iria iniciar o tratamento de forma eletiva, mas parece que tendo em vista de condições sociais e familiares, ele não tinha condições de deslocar até a unidade de saúde. Mas agora, com esta internação, vamos dar uma continuidade e verificar como após a alta ele continuará a receber este tratamento”, concluiu.

A DIFÍCIL BUSCA POR ASSISTÊNCIA

Desde o dia 31 de março, a nossa equipe vem acompanhando as dificuldades enfrentadas por Denísio em busca de uma assistência. O lavrador sofreu no ano passado complicações renais, precisou fazer hemodiálise, sofreu um infarto acompanhado de uma parada cardíaca, ficou três meses em uma UTI e está acamado.

Reveja:
– Março de 2017 / Trabalhador rural de Sapucaia, acamado, luta por auxílio doença e assistência médica
http://portal.tvsupercanal.com.br/?p=49466
– Abril de 2017 / Trabalhador rural de Sapucaia começa a receber tratamento médico
http://portal.tvsupercanal.com.br/?p=49848
– Junho de 2017 / Lavrador acamado de Sapucaia ainda não recebeu tratamento adequado
http://portal.tvsupercanal.com.br/?p=53323
– Junho de 2017 / Secretaria de saúde promete mais uma vez acompanhamento e assistência a Denísio
http://portal.tvsupercanal.com.br/?p=53394

 

 

19105959_1429548177099846_3113501850283983230_n 19113600_1429548200433177_1808113914514417016_n 19113602_1429552413766089_6250386898086463585_n    19114008_1429548180433179_1533181462106791502_n   19145785_1429548247099839_1848395352459654216_n 19146133_1429548403766490_2317854419015083825_n




Loading Facebook Comments ...
 





    

Banner-Super-Canal

anunciosantamonica150foto1 (1)