Postado por: Raquel Borsari em 02/jul/2015 |

Autoconhecimento

Com a psicóloga Eneide Caetano

O autoconhecimento, segundo a psicologia, significa o conhecimento de um indivíduo sobre si mesmo. A prática de se conhecer melhor faz com que uma pessoa tenha controle sobre suas emoções, independentemente de serem positivas ou não. Tal controle emocional pode evitar sentimentos de baixa autoestima, inquietude, frustração, ansiedade, depressão, instabilidade emocional e outros, atuando como importante exercício de bem-estar e ocasionando resoluções produtivas e conscientes acerca de seus variados problemas.

Ela também consegue permanecer equilibrada em casos de fatores externos como críticas, perda de emprego, término de relacionamento e outros que abalam o emocional. O indivíduo que busca o conhecimento de si próprio aprende estimular os seus fatores positivos e a detectar os negativos a fim de modificá-los favoravelmente.

O autoconhecimento é uma palavra que está sendo muito usada hoje em dia, mas como uma identidade com o EGO, gostos, valores e identificação com o que dita o mundo exterior. No entanto o EGO só se torna estável e menos egoísta quando se relaciona constantemente com o que Jung chamou de SELF ou Si-mesmo, que é a personalidade eterna e mais abrangente a totalidade consciente-inconsciente da pessoa. O Self está presente em todos nós como constituição básica e só se realiza na prática através das realizações do Ego que englobam a totalidade humana, neste caso, o EGO ajuda o Si-mesmo a se realizar, então a pessoa adquire mais bondade humana. A divindade é o mistério que habita as profundezas da psique e quando o EGO está a seu serviço, ele se torna um com o Deus que habita a alma humana. Agindo conforme seus princípios a pessoa aprende a equacionar de maneira sábia as diversas circunstâncias que a vida apresenta para assim VIVER MELHOR!




Loading Facebook Comments ...
 





    

Banner-Super-Canal

anunciosantamonica150foto1 (1)